Conheçam a história da Juliana!


17 fevereiro 2008

"Eu tinha apenas 4 anos de idade,e meus pais se separaram,lembro daquele dia como se fosse ontem e olha que já faz bastante tempo,crescer sem meu pai por perto não foi algo muito bacana,porém não foi algo totalmente frustante. Via muitas crianças passeando com seus pai's,e eu não,aquilo sim me deixava totalmente triste,por mais que a minha vida fosse assim,eu nunca reclamei de nada. Apesar dos meus pais serem separados,meu pai tentou/tenta ser um pai presente.

Os anos iam se passando,eu ia crescendo,e meu pai construindo sua nova família... E eu sempre acima do peso. Entrei na primeira série,como uma criança sem amigos e chorona,eu tinha medo daquilo que estava sendo algo novo pra mim,eu era excluída e vitima de zoações devido ao meu choro,e ai sim foi até a 4º série.

Sofria bullying,era excluída,meus pais eram separados,e no ano de 2008 eu tinha apenas 10 anos,eu junto com a minha família recebemos a noticia que meu avô estava com câncer foram exatos 11 meses de sofrimento e ele se foi,o câncer se espalhou por todo o corpo,e quando descobriram já estava em um estadio avançado... vi meu vô emagrecer e sofrer. A ultima vez que vi ele vivo,segurei na mão dele e disse que tudo ia ficar bem,era uma quinta-feira e todos estavam as pressas,porque ele estava passando mal,e ele tinha que ser levado ao hospital... ele faleceu e foi sepultado no dia das crianças no ano de 2008,e eu tinha apenas 10 anos. Aquele ano foi marcante pra mim,querendo ou não,aprendi coisas que muitos adultos ainda não aprenderam,aprendi a dar valor nas pessoas que amamos,entre outras coisas.

Eu sei,o que é ter um familiar com câncer,e quando eu vejo aquele filme "Uma prova de amor",esse filme relata o sofrimento de uma adolescente com câncer... aquele filme me faz chorar,pois lembro do meu vô.

Continuando... 2009 começou e não tinha quase nenhuma amiga,estava na 5º série agora. Comecei de fato a conversar com a Paula,que hoje é minha melhor amiga,ela me ajudou a superar muita coisa... Primeiro me tornei amiga da Paula,depois da Aline,e ano passado conheci a Milena e a Isadora,hoje somos melhores amigas. Ano passado conheci também,a Vitória,Rafa,Julia e a Duda,uma amizade de escola que será pra vida toda. 
Eu digo com todo o orgulho,que foram as minhas amigas,que me ajudaram a superar um pouco do bullying,a outra parte o tempo ficou responsável... Apesar de ter superado o bullying,eu ainda sofria com a timidez,então eu junto com a minha prima criamos um blog no ano,e assim foi,e hoje tenho um só meu,o blog me ajudou a superar a timidez e como "brinde" aprendi muitas coisas com ele,a fiz amizades inesquecíveis."

-Juliana Félix



O blog da Ju é o lindo "Behind in the Paris", que vem crescendo humildemente cada vez mais e mais! E a blogueira se dedica e se esforça muito em questão de criatividade, sempre com um conteúdo variado e gostoso de ler, design fofinho e um carisma excelente. Visitem o BITP, vale o click! Obrigada por compartilhar sua história conosco Juli, ótimo exemplo de superação :D

11 comentários:

  1. Voce publicou,quando vi tive um mini ataque do coração rs,obrigado por ter postado minha história e pelos elogios no final :)

    behind-the-paris.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Renta :)
    Eu conheço a Ju , pra min ela é uma das minhas melhores amigas <3
    Eu quando li esse texto chorei de verdade , não estou contando mentira , nunca chorei por uma história de alguém. A história dela é um ótimo exemplo de superação meeeesmo.

    Beijos , seu blog é muito foofo , sabia ? haha.
    http://deborahmarques-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua história, um exemplo de superação lindo!
    Também choro quando vejo o filme "Uma Prova De Amor" pois é muito triste, não gosto muito de falar sobre tristeza, morte, doenças, sei lá acho uma coisa muito triste mesmo! Então que bom que você superou tudo deu a volta por cima e tudo mais, parabéns pelo seu exemplo de superação querida Juliana =D
    Muita saúde, paz, alegria, felicidade, amor...
    Fiquem Com Deus!!!!
    =D

    http://blog-sapatinho-de-cristal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Awn a Ju conheço a um tempão, minha amiga da net. rs A historia dela é super emocionante.
    Beijos Ale | Rascunhos à Lápis

    ResponderExcluir
  5. Ela deu uma grande volta por cima mesmo...
    Adoro ver essas histórias de pessoas que sofrem/sofreram bullying e deram totalmente a volta por cima...
    O blog ta lindo (tradução: perfeito, maravilhoso)e os posts são ótimos...
    Te juro, sempre que passo num blog, faço questão de deixar um comentário, e nunca leio o post inteiro...
    Esse foi um dos poucos posts que eu li inteirinho...
    Beijos!
    Blog da Júlia

    Fadas Existem


    ResponderExcluir
  6. Conheço o Behing in the Paris faz um bom tempo, sabia que a Ju sofria bullying e conseguiu superar, mas nunca soube de toda a história. Bullying, separação e perda de parentes é bem difícil...fico feliz dela ter superado =D

    ResponderExcluir
  7. Nossa muito emocionante a história dela...deu vontade até de chorar, meu avô morreu quando eu tinha 10 anos também, lembro como se fosse ontem, eu tava vendo meu irmão jogar video-game, quando eu olho para o lado vejo minha avó passando mal de tanto chorar...eu fiquei 1 hora sentada no banco em frente a cama de onde ele estava deitado. fiquei segurando a mão dele...até que me tiraram de lá...
    beijos.
    Null and Void (novo blog, segue?) Once Upon a Time (ambos no perfil)

    ResponderExcluir
  8. nossa eu conheço a juliana, mas nao sabia desse fato :S, eu fico feliz por ela ter superado, chorei aqui é serio... parabens voce é uma stay strong :D

    inocentementeingenua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Já vou visitar o blog! Que história triste, mas o bom é saber que ela não se deixou abalar por tudo isso! ♥
    http://d-arksecrets.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei conhecer a história da Juliana, sofrer bullying deve ser horrível, ter os pais separados também deve ser, e ainda perder um avô com câncer, disso eu seu, o meu morreu assim também, mas inda não tinha nascido!
    Adorei a Jú (posso chamar assim? HAHA!), que bom que agora conseguiu ter amigas, fico muito feliz com isso!

    ResponderExcluir
  11. Que história,hein! Me surpreendeu uma garota tão nova saber tanto da vida. Meus pais se separaram quando eu tinha 5 anos. Essa de não ter o pai por perto é barra mesmo. Olha,Ju,ninguém pode te derrubar. Deus está contigo. Bjin.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos. Obrigada e volte sempre! ✌ ♥